Portal Estrada
© Portal Estrada / Todos os direitos reservados.
HomeRodoviasDNIT restaura 15,5 km de pista nas rodovias BR-158/SP e BR-262/SP
Portal Estrada - DNIT restaura 15,5 km de pista nas rodovias BR-158/SP e BR-262/SP

DNIT restaura 15,5 km de pista nas rodovias BR-158/SP e BR-262/SP

Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) concluiu, nesta quarta-feira (10), as obras de restauração nas rodovias BR-158/SP, no município de Paulicéia, e BR-262/SP, em Castilho, no Estado de São Paulo. Os serviços foram executados entre os quilômetros 0 e 12,1 da BR-158 e do km 0 ao km 3,4 da BR-262. O investimento nas duas obras foi de R$ 5.776.611,76.

Os trabalhos incluíram trechos selecionados de fresagem e de recomposição com Concreto Betuminoso Usinado à Quente (CBUQ), a execução de micro revestimento a frio na pista e no acostamento de todo a extensão das rodovias, além da sinalização horizontal definitiva, incluindo a ponte estaiada sobre o Rio Paraná, que divide os estados de São Paulo e de Mato Grosso do Sul.

Outras obras 

Além da recuperação do pavimento, o DNIT atua na conservação e na manutenção das duas rodovias, cumprindo todas as exigências normativas vigentes e realizando trabalhos de roçada, de limpeza de dispositivos de drenagem e de recomposição de cercas. O contrato de manutenção está vigente até maio/2022.

Importância

A BR-158/SP e a BR-262/SP proporcionam o escoamento de produtos agropecuários do Estado de Mato Grosso do Sul para São Paulo, principalmente no porto de Santos. As vias também permitem o fluxo de mercadorias industrializadas produzidas em São Paulo para o Mato Grosso do Sul e parte da região Centro-Oeste do Brasil.

MS

No ano de 2020, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) atuou, no estado do Mato Grosso do Sul, em 42 contratos de manutenção, restauração e construção das rodovias federais. A Autarquia realizou a restauração de 80,10 quilômetros de pistas e acostamentos, implantou 16,8 quilômetros de terceiras faixas e 36 quilômetros de novas pistas em todo o estado. Além disso, as equipes do DNIT revitalizaram, por meio dos contratos de manutenção, 258,70 quilômetros de pista.

O trabalho de restauração realizado pela Autarquia durante todo o ano resultou em melhoria da qualidade dos segmentos rodoviários federais no estado, elevando o Índice de Conservação da Malha (ICM). Desenvolvido pelo DNIT, o ICM mantém uma radiografia atualizada da situação da malha rodoviária, indicando suas condições de trafegabilidade. A partir dessa avaliação, o Departamento define as obras a serem realizadas nas rodovias federais.

 

Fonte: DNIT

Foto: Divulgação

Veja todas as VAGAS para Motoristas AQUI

Compartilhe este post:
Compartilhar com