Portal Estrada
© Portal Estrada / Todos os direitos reservados.
HomeEmpregoGeração de emprego no agronegócio tem melhor resultado em 10 anos
Portal Estrada - Geração de emprego no agronegócio tem melhor resultado em 10 anos

Geração de emprego no agronegócio tem melhor resultado em 10 anos

O agronegócio brasileiro registrou em 2020 o melhor resultado na criação de empregos no setor em 10 anos, apesar da pandemia e dos resultados abaixo do esperado na oferta de novos postos de trabalho. A avaliação é da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que analisou os dados do ano passado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados pelo Ministério da Economia.

Os dados mostram que o setor abriu 61.637 mil vagas de trabalho de janeiro a dezembro do ano passado, o melhor desempenho desde 2011, quando o saldo de geração de empregos formais foi de 85.585 mil vagas.

Entre as atividades que mais criaram postos com carteira assinada em 2020, a soja liderou o ranking, com 13.396 vagas. Destaque também para o café (+6.284).

Na pecuária, a criação de bovinos (+11.598) e de aves (+5.993) foram as atividades que mais contribuíram para o mercado de trabalho.

Ainda de acordo com os dados, três em cada quatro vagas foram criadas no setor agropecuário estão na região Sudeste, especialmente em São Paulo que teve crescimento de 46.475 postos de trabalho em 2020.

Frestes rodoviários no agronegócio

Segundo o Índice de Frete e Pedágio Repom (IFPR), a demanda por frete rodoviário no Agronegócio teve incremento de 6,5% ao considerar o acumulado do ano – de janeiro a outubro de 2020. A movimentação no transporte de cargas apresenta crescimento em comparação ao mesmo período do ano anterior, mas recua frente ao acumulado até setembro, quando apresentou aumento de 9,5%.

A Repom, marca líder em soluções de gestão e pagamento de despesas para frota própria e terceirizada da Edenred Brasil, traz mensalmente os dados e as análises do período e, ao analisar o mês de outubro, no comparativo com o mesmo período em 2019, foi possível notar uma queda de 18,8% no volume de fretes rodoviários. Se comparado ao acumulado do ano, até o mês de setembro, houve um aumento de 4,6%.

Painel CNT

O Painel do Emprego no Transporte da Confederação Nacional do Transporte (CNT), que usa dados do CAGED, revela que o setor de transporte rodoviário de carga contratou mais do que demitiu em 2020.

De acordo com o levantamento, no ano passado foram abertos 467.666 postos de trabalho e 415.783 desligamentos. Portanto, o saldo de de empregos ficou positivo em 51.883.

 

Fonte: Economia Uol

Foto: Divulgação

Veja todas as VAGAS para Motoristas AQUI

Compartilhe este post:
Compartilhar com