HomeTrânsito6º Encontro Nacional discutiu ações para redução das mortes e lesões no trânsito

6º Encontro Nacional discutiu ações para redução das mortes e lesões no trânsito

Portal Estrada - 6º Encontro Nacional discutiu ações para redução das mortes e lesões no trânsito

6º Encontro Nacional discutiu ações para redução das mortes e lesões no trânsito

O evento, realizado em Brasília entre os dias 10 e 12 de novembro, reuniu educadores de trânsito de todo o país para discutir medidas para reduzir pela metade as mortes no trânsito nos próximos 10 anos.

Durante o evento, coordenadores da área de educação de trânsito dos órgãos que compõem o SNT como PRF – Polícia Rodoviária Federal , Detrans dos estados e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), participaram de palestras, oficinas e conheceram experiências adotadas em outros países para reduzir a mortalidade no trânsito.

Entre as ações educativas marcadas para 2022 e debatidas no encontro está a campanha nacional Juntos Salvamos Vidas, que começa em 1º de janeiro do ano que vem. De caráter educativo, a iniciativa é parte da estratégia formulada pelo Governo Federal para reduzir em 50% o total de mortes de trânsito no país nos próximos 10 anos.

Com o Juntos Salvamos Vidas, as campanhas educativas de trânsito para 2022 vão subsidiar todas as ações voltadas para a segurança viária encampadas pelos órgãos do SNT. A nova mensagem deve ser veiculada nos meios de comunicação, obrigatoriamente a partir do primeiro dia do próximo ano. “Nos Pnatrans estão as ações necessárias que identificamos para que consigamos até o final dos próximos 10 anos reduzir mortes no nosso trânsito e salvar, esse é o desafio, 86 mil vidas. Todos nós somos responsáveis por isso”, ressaltou o diretor Daniel Mariz Tavares.

O encontro é promovido pelo Ministério da Infraestrutura, por meio da Senatran e ocorre anualmente.

A iniciativa busca promover a troca de experiências entre profissionais e instituições que realizam trabalhos voltados à educação para o trânsito no Brasil, atendendo às diretrizes do Plano Pnatrans, previsto na Lei 13.614/2018.

“Acreditamos que a atuação integrada é o caminho para termos um trânsito mais seguro. Aqui vejo grandes parceiros da PRF em busca de mudanças na realidade do Brasil. Aqui eu vejo parceiros que comungam da mesma ideia de que a educação é a ferramenta que pode fazer a diferença num trânsito de paz”, disse a chefe da Divisão de Prevenção de Acidentes da PRF, Virginia Velame de Oliveira.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) deu mais um passo importante na promoção de um trânsito mais seguro nesta quinta-feira (28) ao lançar o Plano Global para a Década de Ação para Segurança Viária 2021-2030. A ideia é que sejam reduzidos em 50% o total de mortes  e lesões no trânsito no mundo nos próximos 10 anos.

O objetivo do plano é que sirva como guia para que o poder público, a sociedade civil organizada e a iniciativa privada possam implementar políticas e programas que alcancem essas reduções e que contribua para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) da ONU.

A intenção é disseminar por todo o território nacional as ações estabelecidas no plano nacional, que permitirão alcançar as metas estabelecidas de redução de mortes e feridos e salvar cerca de 86 mil vidas em nossas ruas e estradas até 2030.

 

Fonte: Governo do Brasil

Foto: Divulgação

Veja todas as VAGAS para Motoristas AQUI!

Compartilhar com
Avalie este artigo