HomeRodoviasANTT aprova termo que estabelece obrigações para relicitação da rodovia BR-101/RJ

ANTT aprova termo que estabelece obrigações para relicitação da rodovia BR-101/RJ

Portal Estrada - ANTT aprova termo que estabelece obrigações para relicitação da rodovia BR-101/RJ

ANTT aprova termo que estabelece obrigações para relicitação da rodovia BR-101/RJ

Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou, durante a 72ª Reunião de Diretoria Extraordinária, a celebração do 2º termo aditivo ao contrato de concessão e relicitação com a Autopista Fluminense, responsável pela rodovia BR-101/RJ, no segmento compreendido entre a divisa do Estado do Rio de Janeiro com o Estado do Espírito Santo e a Ponte Rio-Niterói, localizada no Estado do Rio de Janeiro.

O documento vai estabelecer as obrigações relativas à relicitação do trecho concedido, nos termos da qualificação do empreendimento aprovada pelo Decreto nº 11.005, publicado no Diário Oficial da União (DOU) em 22/3/2022, o qual estabeleceu prazo de 90 (noventa) dias, contado da data de sua publicação, para a celebração do aditivo contratual, sob pena da perda da eficácia da qualificação.

O prazo final de vigência do termo aditivo é de 24 meses contados da publicação do Decreto nº 11.005, de 21 de março de 2022. O prazo de transição poderá ser prorrogado, justificadamente, mediante deliberação do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (CPPI) e anuência expressa da concessionária.

De acordo com o voto do diretor-relator, Guilherme Theo Sampaio, “Ao formalizar a celebração do Termo Aditivo com a devida aposição de assinatura, a concessionária confirmará estar de acordo com todas as disposições estabelecidas no instrumento. E, sendo assim, deverá prestar os serviços de manutenção, conservação, operação e monitoração do empreendimento e executar os investimentos essenciais conforme pactuado”.

Em 19/5/2020, a concessionária Autopista Fluminense protocolou requerimento de relicitação. Em 10/9/2021, por meio da Deliberação nº 307, de 09/09/2021, a ANTT atestou a viabilidade técnica e jurídica do requerimento de relicitação.

Em 19/11/2021, o Ministério da Infraestrutura (Minfra), por meio da Portaria nº 1.372, de 17/11/2021, declarou a compatibilidade do requerimento de relicitação com o escopo da política pública formulada para o setor rodoviário. Em 16/12/2021, o Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (CPPI) recomendou a qualificação do empreendimento no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Presidência da República. E, por fim, em 21/3/2022, o empreendimento foi qualificado no PPI para relicitação, por meio do Decreto nº 11.005, publicado no Diário Oficial da União (DOU) em 22/3/2022.

 

Fonte: BYD

Foto: Divulgação

Portal Estrada – Negócios em Transporte & Logística

Compartilhar com
Avalie este artigo