HomeInternacional

Internacional

A Volvo Trucks e o Deutsche Post, empresa do Grupo DHL, assinaram um acordo de cooperação para acelerar a mudança para meios de transporte com zero emissões. A DHL pretende intensificar sua transição para caminhões

Há um rápido desenvolvimento de veículos autônomos e elétricos. A Scania planeja, portanto, mais investimentos em Södertälje, na Suécia: uma nova pista de testes onde os futuros veículos serão testados e conduzidos como parte das

A Peterbilt Motors Company tem o prazer de anunciar a disponibilidade do motor a gás natural Cummins B6.7N em seus novos caminhões Modelos 536 e 537 de serviço médio. O Modelo 536 da Peterbilt é o

A DAF entrega cinco tratores CF Electric para a Amazon UK. Os veículos totalmente elétricos GCW de 37 toneladas se juntam à frota de entregas de meio quilômetro da Amazon, transportando mercadorias com zero emissões

Em 2021, a Tatra Trucks, com sede em Kopřivnice, vendeu mais veículos do que o planejado e cumpriu seus compromissos com os parceiros. Entregou um total de 1.277 veículos a clientes, conquistou grandes contratos militares

A Transportadora del Norte adicionou um caminhão Scania R410 6x2 GNV da linha Green Efficiency à sua frota para contribuir para um transporte mais sustentável. Carlos Caisutti, proprietário e fundador da SRL, deu o passo

O lançamento da Nova Geração XF, XG e XG⁺ foi um tremendo sucesso em toda a Europa. Após os primeiros test drives, a série foi amplamente elogiada pela imprensa especializada e coroada 'Caminhão Internacional do

A Harley-Davidson Inc disse na terça-feira (01) que suspendeu seus negócios e remessas de suas motos para a Rússia após a invasão da Ucrânia na semana passada. O ataque marcou o maior conflito na Europa desde

Segundo a agência Reuters de notícias, a fabricante sueca de caminhões AB Volvo (VOLVb.ST) interrompeu toda a sua produção e vendas na Rússia devido à crise na Ucrânia, informou a empresa na segunda-feira (28). O

A gigante do transporte marítimo Maersk, publicou alguns avisos após o conflito com a Rússia na Ucrânia eclodir da noite para o dia. Na primeira nota, divulgada dia 24 de fevereiro, a empresa afirmou "Gostaríamos