HomeNegócios (Page 6)

Negócios

A Simpar, que controla a JSL Logística, comprou 100% da Pronto Express Logística S.A. O negócio foi fechado por R$ 288,6 milhões. O valor será quitado em três parcelas. Todavia, a primeira parcela, no valor de

Operador logístico líder do mercado peruano, a empresa Ransa escolheu o caminhão leve Mercedes-Benz Accelo 815 para uma nova frota de serviços à CBC, uma das maiores companhias de bebidas das Américas, que atua em mais de

O primeiro relatório anual divulgado pela FreteBras apontou que o volume de carga transportada aumentou 62% em 2020 na comparação com 2019. Dessa forma, chegou próximo dos 6 milhões de operações. Logo, houve uma média de 500

A JAC Motors Brasil anunciou a entrega para duas empresas das primeiras unidades do caminhões elétricos da marca, o iEV1200T, com PBT de 7,5 toneladas. Os modelos serão avaliados em operações urbanas. A PepsiCo, empresa de

“Na Carsten, o momento agora é de tirar do papel todos os projetos voltados para a sustentabilidade. Este é o primeiro passo do compromisso de sermos no futuro 100% sustentáveis no transporte de cargas. Acredito

O Grupo Mirassol anuncia a aquisição da M3 Logística, especializada no segmento químico. Esta compra, a primeira realizada pelo grupo, representa um marco na transformação estratégica do Grupo Mirassol, que projeta crescimento agressivo de 70%

A CNH Industrial negocia a venda da fabricante de caminhões Iveco para o grupo FAW da China. De acordo com a agência de notícias Reuters, a negociação entre as duas empresas teve início no ano passado, mas havia sido

A Ford anunciou nesta segunda-feira (11) que encerrará a produção de veículos em suas fábricas no Brasil em 2021. Dessa forma, a marca fechará as plantas no país em que mantém operação desde 1919. A princípio, o Centro

25 anos de estrada, 25 novos caminhões na estrada. Os números podem até parecer coincidência, mas acaso ou não, foram motivo de muita celebração para a Transportadora Almeida neste ano de 2020. Foi neste total

A fabricante de caminhões elétricos Nikola Motors perdeu uma venda 2.500 veículos para Republic Service. Os caminhões seriam utilizados no transporte de lixo. O motivo do cancelamento da compra pode estar relacionado aos altos custos de desenvolvimento dos caminhões