HomeTrânsitoCCR AutoBAn espera 820 mil veículos no Feriado de Corpus Christi

CCR AutoBAn espera 820 mil veículos no Feriado de Corpus Christi

CCR AutoBAn feriado

CCR AutoBAn espera 820 mil veículos no Feriado de Corpus Christi

CCR AutoBAn e ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) esperam a circulação de aproximadamente 820 mil veículos nas rodovias do Sistema Anhanguera-Bandeirantes neste feriado de Corpus Christi, entre saída e chegada à Capital, no período de cinco dias: de quarta-feira (19 de junho) a domingo (23 de junho).

Horários de pico
Os horários de maior movimento no Sistema Anhanguera-Bandeirantes estão previstos para:

Quarta-feira (19/06) das 16 às 20h;
Quinta-feira (20/06) das 08 às 14h e
Domingo (23/06) das 14 às 22h.

Operação Caminhão
Na quinta-feira (20 de junho) – Dia de Corpus Christi – e no domingo (23 de junho), das 14 às 22 horas, os caminhões que se destinam à Capital pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) devem utilizar a Via Anhanguera (SP-330) no trecho do km 48 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo, acessando a rodovia pela Saída 48 da Bandeirantes. O desvio tem como objetivo melhorar a distribuição do tráfego. A concessionária prestará apoio à fiscalização feita pela Polícia Militar Rodoviária.

Campanha Moto no corredor
Com o objetivo de oferecer orientações sobre o risco de trafegar com motocicletas no corredor em rodovias, CCR AutoBAn, ARTESP e Polícia Militar Rodoviária (PMRv) realizam nesta quarta-feira – dia de saída do feriado -, das 9 às 17h, na praça de pedágio de Campo Limpo, no km 39 da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), campanha de orientação sobre o tema.

A ação busca conscientizar motociclistas sobre o risco deste tipo de prática, que é frequente entre os usuários de motocicletas.  Para o coordenador de tráfego da concessionária, João Moacir da Silva, ao conduzir motos nos corredores, os usuários se colocam em condição de risco, uma vez que é maior a probabilidade de a motocicleta trafegar em áreas de pontos cegos de caminhões e veículos de passeio. “Se o motociclista sofrer uma queda, além dos ferimentos decorrentes dela – poderá ser atropelado por outros veículos. Por isso, sempre reforçamos a orientação do ver e ser visto, que no caso daqueles que utilizam motocicletas, é de fundamental importância”, esclarece.

Embora as motos representem apenas 2,5% do tráfego total de veículos no Sistema Anhanguera-Bandeirantes, em 2018, cerca de um terço das vítimas fatais envolveu motociclistas.

Operação do Sistema Anhanguera-Bandeirantes
O Centro de Controle Operacional (CCO) da CCR AutoBAn monitora 24 horas todo o sistema viário, em conjunto com o Polícia Militar Rodoviária, por meio dos equipamentos do Sistema de Monitoramento de Tráfego, que incluem 106 câmeras de Circuito Fechado de TV, Sistema Analisador de Tráfego com 195 faixas, 9 estações de meteorologia, além de 31 painéis de mensagens variáveis fixos.

Durante a operação feriado de Corpus Christi, o serviço SOS Usuário será intensificado e contará com diversas viaturas e colaboradores, entre guinchos leves e pesados, veículos de inspeção de tráfego, ambulâncias, caminhões-pipa, auto-guindaste e veículos de apoio. Além do Disque CCR AutoBAn (0800 055 5550), os usuários do Sistema Anhanguera-Bandeirantes contam com mais de 544 telefones de emergência, localizados a cada quilômetro nas duas pistas das rodovias.

Ao longo da operação, o usuário poderá obter informações atualizadas sobre condições de tráfego no Sistema Anhanguera-Bandeirantes a partir do site da Concessionária – www.autoban.com.br -, Disque CCR AutoBAn (0800 055 5550), ou do aplicativo CCR Rodovias, disponível para smartphones com sistemas operacionais Android ou IOS.

 

Fonte: CCR AutoBAn

 

Foto: Divulgação/CCR AutoBAn

Leia as nossas #dicas especiais AQUI!

Compartilhar com
Avalie este artigo