HomeCaminhõesContran permite uso de semirreboque com eixo elétrico por caminhões

Contran permite uso de semirreboque com eixo elétrico por caminhões

Portal Estrada - Contran permite uso de semirreboque com eixo elétrico por caminhões

Contran permite uso de semirreboque com eixo elétrico por caminhões

O uso de semirreboques com eixo elétrico para veículos de carga está autorizado no país a partir de terça-feira (17). Em reunião extraordinária, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou a regulamentação do sistema, que recupera a energia gerada durante frenagens ou descidas, tornando a carreta capaz de ajudar o caminhão a subir terrenos íngremes de forma mais segura e eficaz.

Com o dispositivo elétrico, os veículos de transporte de carga terão mais eficiência logística, redução do consumo de energia, redução da emissão de gases na atmosfera e mais segurança veicular. Ele funciona como um sistema auxiliar de tração, sem substituir o sistema de tração principal do caminhão. Antes da análise pelo Contran, o tema esteve em consulta pública virtual pela plataforma Participa+Brasil.

“A reunião de hoje foi de alinhamento entre política e regulação, preocupação com o meio ambiente, inovação tecnológica, segurança e, sobretudo, simplificação regulatória, elementos fazem parte da agenda de trânsito do MInfra”, afirmou o secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Bruno Eustáquio, que presidiu a reunião do conselho.

Na mesma reunião, o Contran aprovou o parecer favorável à adesão do Brasil ao Fórum Mundial para a Harmonização dos Regulamentos Técnicos Veiculares (WP.29) da Organização das Nações Unidas (ONU), um grupo de trabalho que administra acordos relativos às prescrições técnicas para a construção e homologação de veículos com rodas. O Brasil será o primeiro país da América Latina a compor o fórum.

As Empresas Randon cumpriu mais uma etapa do processo de desenvolvimento do inovador sistema de tração auxiliar elétrico e-Sys. A companhia realizou a entrega técnica de dois modelos de semirreboques da linha Hybrid R, da Randon Implementos, equipados com a tecnologia pioneira liderada pela Suspensys, para a fase de testes de campo com empresas parceiras. Nesta etapa, as equipes de engenharia e pesquisa buscam monitorar o comportamento do produto em uso real pelas estradas do Sul e Sudeste do país.

O grupo G10 Transportes, que reúne cinco importantes transportadoras e está entre as maiores empresas de logística e transporte rodoviário do país, vai utilizar um modelo Graneleiro para deslocamento de cargas do agronegócio em rodovias do Paraná.

Durante um período de 30 dias, os veículos de testes são monitorados para a coleta de dados sobre redução de consumo de combustível alcançado pelo uso do sistema de tração elétrico no semirreboque. Os condutores dos caminhões receberam treinamento com pilotos de testes do Centro Tecnológico Randon (CTR), onde ocorreram todas as fases de testagem até o momento.

 

Fonte: MInfra

Foto: Divulgação

Portal Estrada – Negócios em Transporte & Logística

Compartilhar com
Avalie este artigo