HomePolíticaGoverno quer conceder 50 projetos e levantar R$ 100 bi em investimento em 2021

Governo quer conceder 50 projetos e levantar R$ 100 bi em investimento em 2021

Portal Estrada - Governo quer conceder 50 projetos e levantar R$ 100 bi em investimento em 2021

Governo quer conceder 50 projetos e levantar R$ 100 bi em investimento em 2021

Em entrevista exclusiva à CNN, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou que o governo planeja conceder pelo menos 50 ativos para a inciativa privada ainda neste ano, com potencial de levantarem entre R$ 100 bilhões e R$ 130 bilhões de investimento.

Desse volume de dinheiro, ao menos R$ 10 bilhões são esperados já nos próximos dias, quando o governo promove o que chamou de “Infra Week”, ou semana da infraestrutura, em que realizará uma bateria de leilões de 28 concessões, entre aeroportos, terminais portuários e ferrovias, à iniciativa privada.

“Até o fim do ano, devemos transferir mais 50 ativos para a iniciativa privada, o que significa mais R$ 100 bilhões, R$ 130 bilhões em contratos assinados”, afirmou Freitas. “Semana que vem já serão R$ 10 bilhões, mas tem muito contrato grande para vir ainda, como os terminais do Porto de Santos, a privatização do porto do Espírito Santos, que já está com o projeto quase finalizado. Tem a licitação de rodovias do Paraná, enfim, muito investimento ainda para ser gerado no curto prazo.”

Até o fim de 2022, de acordo com o ministro, que mencionou também os esforços do governo no sentido de destravar a privatização de grandes promessas do governo Jair Bolsonaro, como a Eletrobras e os Correios, a expectativa é de que mais de 100 ativos da União já tenham ido para a gestão da iniciativa privada.

“Devemos chegar ao fim do ano que vem com mais de 100 ativos transferidos, que representam R$ 260 bilhões em contratos privados. Para se ter uma ideia, R$ 260 bilhões significa contratar 40 vezes o orçamento anual do Ministério da Infraestrutura. O foco realmente é na participação do setor privado.”

A “Infra Week” ocorrerá entre os dias 7 e 9 de abril, com a expectativa de atrair até R$ 10 bilhões em novos investimentos. A rodada está sendo observada de perto como um termômetro do potencial de atração de investimentos de longo prazo, em um momento em que o Brasil está com a imagem arranhada pela condução da política de enfrentamento do coronavírus.

Serão leiloados 22 aeroportos hoje operados pela empresa pública Infraero, cinco terminais portuários (quatro em Itaqui e um em Pelotas) e o primeiro trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), entre Ilhéus e Caetité, na Bahia.

Compromisso com a vacinação

De acordo com Freitas, o retorno que o ministério tem recebido de investidores e potenciais interessados é de otimismo com o Brasil no longo prazo, a despeito das dificuldades do momento.

Nesse sentido, o ministro destacou a importância do compromisso com a aceleração da vacinação contra o coronavírus, como sinal importante aguardado por esses investidores.

“Entendo também que há um esforço muito grande a partir de agora no que diz respeito a melhorar a performance na questão da vacinação, ela deve tomar corpo daqui para frente, de maneira que possamos chegar, e isso é uma prioridade do governo Bolsonaro, no meio do ano com os grupos de risco vacinados”, disse.

“Isso vai restabelecer paulatinamente a mobilidade de pessoas, vai ter repercussão econômica, e os investidores estão enxergando oportunidades de longo prazo, a despeito das nossas dificuldades de momento.”

O ministro também falou que a maior preocupação dos investidores é com a solvência do país, medida pela relação dívida / PIB (produto Interno Bruto), que deve ultrapassar 90% em 2021.

“Vão exigir que sejamos melhores alunos daqui para frente. E estamos tentando mostrar que sim, teremos controle da trajetória dessa dívida”.

Portal Estrada - Governo quer conceder 50 projetos e levantar R$ 100 bi em investimento em 2021

*Com informações do Estadão Conteúdo

 

Fonte: CNN Brasil

Foto: Divulgação

Veja todas as VAGAS para Motoristas AQUI

Compartilhar com
Avalie este artigo