HomeSegurançaManuseio adequado de produtos químicos em obras garante segurança

Manuseio adequado de produtos químicos em obras garante segurança

Portal Estrada - Manuseio adequado de produtos químicos em obras garante segurança

Manuseio adequado de produtos químicos em obras garante segurança

Em uma obra rodoviária, o manuseio de produtos químicos deve seguir uma série de diretrizes para a preservação da saúde dos colaboradores e da integridade dos recursos naturais. Na fase de instalação do Contorno Rodoviário de Barra do Garças na BR-070/MT, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) exige o cumprimento dessas normas e acompanha as ações de segurança que garantem a saúde e bem-estar dos trabalhadores, além da preservação do meio ambiente.

No Brasil, as atividades que envolvem o uso de substâncias tóxicas são reguladas pelas Normas Reguladoras 9 e 26, que orientam sobre a prevenção de riscos ambientais, sinalização de segurança e rotulagem de produtos perigosos. A NR-9 estabelece a obrigatoriedade do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais, que garante o reconhecimento, a avaliação e o controle de possíveis perigos aos trabalhadores da obra e ao meio ambiente.
Já a NR-26 regulamenta as diretrizes dos rótulos nas embalagens de materiais químicos e estabelece a obrigatoriedade da ficha de informações de segurança dos produtos químicos, documento que deve acompanhar todo material químico distribuído no país.

As duas normas servem para orientar os trabalhadores sobre o componente que estão utilizando, os riscos de acidentes, os tipos de equipamentos de proteção individual (EPI) necessários, a prevenção a explosões e incêndios, a descrição toxicológica e as formas de armazenamento, transporte e descarte adequados.

Substâncias tóxicas, como óleos, combustíveis, solventes, entre outras, podem causar danos severos a saúde do trabalhador, tais como irritação, queimaduras, corrosão, riscos ao trato respiratório e ao sistema nervoso, doenças nos rins e no fígado, além da possibilidade de desenvolver de câncer. Os prejuízos ao meio ambiente também existem e incluem ameaça de incêndios e explosões, contaminação do solo, da água e do ar, e ainda a intoxicação de alimentos e animais.

Os treinamentos com os colaboradores e o Diálogo Diário de Segurança (DDS) também são importantes para orientar os trabalhos. São formas práticas e simplificadas de capacitar os trabalhadores envolvidos no manuseio de produtos químicos, prevenindo acidentes e o vazamento de material tóxico para os recursos naturais.

 

Fonte: DNIT

Foto: Divulgação

Portal Estrada – Negócios em Transporte & Logística

Compartilhar com
Avalie este artigo