HomeTransporte FerroviárioMinistério da Infraestrutura descarta extinção da Valec

Ministério da Infraestrutura descarta extinção da Valec

Ministério da Infraestrutura descarta extinção da Valec

Em audiência pública realizada pela Comissão de Trabalho da Câmara, o representante do Ministério da Infraestrutura descartou a extinção da empresa Valec, que tem por função construir e explorar infraestruturas ferroviárias.

A possível extinção da empresa pública tem preocupado empregados e terceirizados da empresa. Mas, segundo Marcos Kleber Félix, assessor direto do ministro Tarcísio Gomes, a reestruturação no setor ferroviário é uma realidade, mas não acontecerá dentro dos quatro anos desta legislatura, por ser um trabalho longo.

A audiência tratou da situação dos empregados, e para a representante do Conselho de Administração da Valec Gabrielle Fernandes, a falta de informações oficiais causa desespero e medo nos empregados da empresa.

“Não é simplesmente você chegar e mandar embora, é a forma como isso está sendo feito. Essa coisa de ficar pingando informação, e você não poder se programar, a gente não sabe se mês que vem é o nosso último salário, se mês que vem a gente vai ser demitido”, reclamou.

Porém, Marcos Félix afirmou que a extinção da Valec não passa de um “mal-entendido”. De acordo com ele, o Ministério pretende realizar estudos para requalificar e aumentar a infraestrutura ferroviária. Ele afirmou que os estudos são focados em três pontos principais: a renovação das concessionárias atuais para fazer novos investimentos, a aprovação de um novo marco ferroviário e a retomada dos investimentos próprios no setor.

“Não existe nenhum estudo sendo realizado para fazer a extinção da Valec. O Ministério vem, desde que o governo começou, fazendo vários estudos para reformular o setor ferroviário no Brasil. Nós temos um plano audacioso, ambicioso para reconstruir o modo ferroviário no Brasil”.

Com o esclarecimento do Ministério da Infraestrutura, a deputada Érika Kokay (PT-DF), que pediu a audiência, disse que foi importante a definição para tranquilizar os funcionários da empresa.

“O trabalho é o local onde a gente se encontra, onde a gente reconhece nossa humanidade. Não pode ser o local onde a gente sofre, perde os sonhos, perde o sono, perde os tendões, enfim, perde a saúde”, disse.

Empregados e a direção da Valec também abriram, durante a audiência, uma mesa de negociação para trocas de informações relacionadas ao estudo e possível extinção da empresa.

 

Fotos: Divulgação/Valec

Fonte: Câmara dos Deputados

Leia as nossas #dicas especiais AQUI!

Compartilhar com
Avalie este artigo