HomeRodoviasMinistro de Infraestrutura cogita trocar empresas por Exército em mais obras da BR-116

Ministro de Infraestrutura cogita trocar empresas por Exército em mais obras da BR-116

obras

Ministro de Infraestrutura cogita trocar empresas por Exército em mais obras da BR-116

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, fez uma visita técnica nesta sexta-feira (2) às obras do Exército de duplicação da rodovia BR-116, no trecho que passa por Barra do Ribeiro, a cerca de 50 km de Porto Alegre. Ele foi acompanhado por engenheiros do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

A previsão do Exército é entregar 47 km prontos neste ano. Na quinta-feira (1º), 15 km já foram liberados, entre Tapes e Camaquã, na Região Sul do estado. Até o dia 12 de agosto, os outros 32 km devem ser entregues, segundo o ministro. O presidente da República, Jair Bolsonaro, deve visitar a obra. O trecho ainda não foi definido.

“Com as obras, teremos redução de tempo de viagem, menos desgastes nos veículos, mais segurança”, cita o ministro. À medida que os trechos forem finalizados, as transições dos lotes simples para os já duplicados serão sinalizadas, lembra Tarcísio.

Empresas licitadas pelo governo e o Exército, que assumiu alguns trechos, são responsáveis pela duplicação, que iniciou em 2012. A conclusão da obra está prevista para o final de 2021, com 234,9 km entregues.

Outras obras

Neste sábado (3), o Ministro da Infraestrutura deve visitar as obras da ponte do Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre. “A conclusão deve ser nos primeiros meses do ano que vem. Estamos terminando a concretagem e depois vamos ver a questão da estrutura, dos acessos. Temos desocupações a serem feitas. Vamos equacionar isso da forma mais rápida possível”, afirma.

Os investimentos nas obras federais do Rio Grande do Sul não serão afetados pelo corte no orçamento anunciado recentemente pelo governo. “Vamos concentrar recursos nas obras mais adiantadas, como a travessia de Santa Maria, o contorno de Pelotas, a duplicação da BR-116 e da ponte de Guaíba”, lista.

“Contingenciamentos são normais, tem que acompanhar o comportamento da receita. Mas todos os indicadores demonstram recuperação econômica, e esperamos a recomposição de parte do que foi contingenciado ainda este ano”, prevê.

A conclusão das obras do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, conforme o ministro, deve ficar para outubro ou novembro. A dragagem de Rio Grande, no Litoral Sul, deve ser finalizada em um mês e meio ou dois meses.

Fonte: G1

Foto: Divulgação

Leia as nossas #dicas especiais AQUI!

Compartilhar com
Avalie este artigo