HomeEventosNova Geração Scania recebe o prêmio Truck of the Year na América Latina

Nova Geração Scania recebe o prêmio Truck of the Year na América Latina

prêmio

Nova Geração Scania recebe o prêmio Truck of the Year na América Latina

Com 43 anos de tradição na Europa, o prêmio Truck of the Year tem a primeira versão na América Latina e a Nova Geração Scania é a primeira vencedora, com entrega do troféu feita ao final da coletiva de imprensa da fabricante no domingo, 13 de outubro, na Fenatran, em São Paulo. A entrega do prêmio foi feita por mim para o presidente da Scania Latin America, Christopher Podgorski durante a coletiva de imprensa da empresa no dia exclusivo para jornalistas. 

Christopher Podgorski, presidente da Scania Latin America, e o jornalista e coordenador do Truck of the Year Latin America, Marcos Villela

O International Truck of the Year (IToY) é uma organização civil sem fins lucrativos, fundada em 1976, que reúne jornalistas especializados no setor para intercâmbio internacional de informações e conhecimento sobre o setor de transportes. Até pouco anos, a entidade era focada somente nos países europeus. Com a globalização e expansão das marcas de caminhões passaram a ter grande relevância em outros continentes. Por exemplo, o Brasil é o maior mercado da Scania e Mercedes-Benz. Em razão disso, o comitê que faz a gestão do IToY criou a categoria de membros associados formados pelos jornalistas fora da Europa. 

Com muito orgulho, eu fui convidado para ser o representante do Brasil, o que traz muito responsabilidade e ao mesmo tempo muita troca de experiência e conhecimento. Em 2018, o presidente do comitê internacional, o experiente jornalista italiano Gianenrico Griffini me convidou para organizar a versão latino-americana. Já existem as versões na Europa Oriental, realizada na Rússia, e a asiática, na China.

Cada continente tem suas particularidades, mas alguns princípios precisam ser preservados: escolha do jurado e dos caminhões elegíveis. Jornalistas com experiência e dedicação com o setor de transporte rodoviário de cargas foram convidados. Começamos com jornalistas da Argentina, Brasil, Chile e Colômbia, mas o objetivo será ter representantes de outros países, pois a América Latina precisa se integrar cada vez mais e as empresas, pessoas e entidades estão focadas nisso. Agora é só começo!

Entender a escolha dos caminhões elegíveis é muito importante, pois isso faz do Truck of the Year ser o que é. O principal critério é a contribuição que o caminhão deu para o setor de transportes em termos de eficiência, princialmente em redução consumo, segurança e ambiental, e ter sido lançado até 12 meses antes realização do prêmio. Assim, a eleição não é, necessariamente, do melhor do caminhão, mas da melhor contribuição no ano. Exemplificar será a melhor forma de entender. A Nova Geração Scania na Europa ganhou o prêmio em 2016 com validade para 2017, assim, ela não concorrer nas eleições dos anos seguintes que uma nova contribuição seja acrescentada.

Na IAA de 2018, com o prêmio válido para 2019, a Ford da Turquia ganhou o IToY com o Ford F-Max. A contribuição da Nova Geração Scania na Europa foi dada em 2016 com a linha 2017. Em 2018 para 2019, sem dúvidas, ninguém vai discutir o nível de sofisticação dos caminhões Scania, até mesmo, não é possível fazer grandes transformações todos os anos, principalmente, para uma marca que já está em nível de sofisticação muito elevado. Aquele ano de 2018 para 2019 era o ano de reconhecer a evolução da Ford, pois todos podem evoluir. Assim foi no Brasil.

Nesta primeira edição da versão da América Latina, concorreram a Nova Geração Scania (neste caso não é possível escolher um modelo porque é conceito inédito, diferente de fazer caminhão, não existe um modelo, existe a geração nova completa).

Os concorrentes podem ser um modelo ou uma família. A linha VW Delivery concorreu porque ela recebeu inovações em relação a geração anterior e não para de evoluir com Delivery V-Tronic récem-lançado. A Volvo concorreu com o FH 2020 com comprovada contribuição para a redução de consumo e emissões com o pacote tecnológico batizado de Aceleração Inteligente. Os Iveco Tector 9-190 e 11-190 foram lançados para segmentos carentes de concorrentes. As demais marcas não tiveram lançamentos com contribuição que atendem o regulamento do prêmio. O Mercedes-Benz Novo Actros lançado agora terá o início de produção em 2020 e a sua apresentação para a imprensa foi após a eleição deste ano.

Assim, este ano, a maior contribuição para o transporte de caminhões, na opinião do jurado, foi dada pela Nova Geração Scania.

 

Fonte: Transporte Mundial

Foto: Divulgação/Scania

Para ler as nossas #DICAS clique AQUI

Compartilhar com
Avalie este artigo