HomeEconomiaPreço do gás de cozinha pode passar de R$ 100 no interior do AP

Preço do gás de cozinha pode passar de R$ 100 no interior do AP

Preço do gás de cozinha pode passar de R$ 100 no interior do AP

Os preço do botijão de gás e do diesel poderá subir a qualquer momento no Amapá. O aumento é em decorrência dos reajustes anunciados pela Petrobras de 3,4%, no gás, que entrou em vigor no domingo (5) e 2,5%, sobre o diesel. Com a elevação, o preço final do gás em Oiapoque, por exemplo, que hoje é de R$ 98, vai ultrapassar os R$ 100.

A tabela atual no estado ainda se mantém com valores da última remessa adquirida pelas empresas, cujo valor final ao consumidor é de a partir de R$ 4,05 por litro o diesel e R$ 75 o gás. Porém, os empresários dizem que o aumento depende do comportamento econômico nacional e que, inclusive, pode não afetar o Amapá.

O Sindicato das Empresas Revendedoras de Gás (Sinregás) esclarece que o botijão de 13 kg pode custar entre R$ 85, em Macapá, e até mais de R$ 100 no interior do estado, a exemplo do município de Oiapoque, distante cerca de 590 quilômetros da capital.

O presidente do sindicato, Carlos Reis detalha que o impacto ao consumidor pode variar de acordo com o valor repassado pelas refinarias à cada distribuidora. Ele explica que os valores não são tabelados porque o produto chega por diferentes empresas.

“Vivemos em um mercado aberto, com cinco distribuidoras que atuam no estado. Esse repasse vai depender do estoque de cada empresa para realizar nova compra e muito outros fatores. São cerca de 130 distribuidoras no Amapá que podem mudar os preços a qualquer momento a partir de hoje (segunda-feira)”, explicou.

O último reajuste anunciado pela Petrobras para o gás de cozinha havia sido em fevereiro, quando os preços subiram cerca de 1%. A Petrobras afirma que os novos preços são trimestrais e servem para “suavizar impactos da volatilidade no mercado externo sobre os valores domésticos”, justificativa que também vale para o óleo diesel.

Ainda segundo a Petrobras, quanto ao preço médio do litro do diesel nas refinarias, o valor do combustível deve subir para R$ 2,3047 em todo país, a partir do último fim de semana. A companhia relata que o preço da gasolina permanece estável em R$ 2,045.

As informações sobre os reajustes podem ser conferidas no site da empresa, em que a petroleira detalha preços praticados nos pontos de suprimento do mercado brasileiro, para os dois combustíveis.

Nos últimos anos, os preços dos combustíveis já passaram por diversas mudanças, a última delas ocorreu no mês de abril e o novo preço, até então, foi de R$2,25. Após o ocorrido, a estatal abandonou, exclusivamente para o diesel, o formato de reajustes usado desde julho de 2017, que previa adequações com maior frequência, inclusive de forma diária.

 

Fotos: Divulgação

Fonte: G1

Leia as nossas #dicas especiais AQUI!

Compartilhar com
Avalie este artigo