HomeEstratégiaProjeto Librelato Mais Verde de 2022 é lançado com meta de 16 mil mudas plantadas

Projeto Librelato Mais Verde de 2022 é lançado com meta de 16 mil mudas plantadas

Portal Estrada - Projeto Librelato Mais Verde de 2022 é lançado com meta de 16 mil mudas plantadas

Projeto Librelato Mais Verde de 2022 é lançado com meta de 16 mil mudas plantadas

A Librelato comemorou no último dia 03 de maio 53 anos de empresa e lançou o Projeto Librelato Mais Verde de 2022. O projeto, onde a própria Librelato oferece as mudas, tem como objetivo para este ano distribuir 16 mil mudas de árvores nativas, ajudando a recomposição da natureza em áreas degradadas e nascentes de rios.

Este ano, o projeto foi lançado na Librelato pela diretora administrativa financeira da empresa, Simone Martins, e por Fernando Barbosa dos Santos, coordenador adjunto geral do Movimento Nacional ODS-SC e coordenador de mobilização do Comitê Criciúma do Movimento Nacional ODS.

O “Librelato+Verde” é uma das ações da empresa alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que tem como compromisso cumprir a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, aprovada pelos Países Membros da ONU e pelo Movimento Nacional ODS Santa Catarina, o qual a Librelato também aderiu em 2019.

“O objetivo do movimento é a construção de uma sociedade melhor, socialmente inclusiva, ambientalmente sustentável e economicamente equilibrada. A proposta é que a gente olhe para esses temas de forma integrada, que certamente irão perpassar de 2030 e teremos outros temas que chegarão a esse contexto. Parabenizo a Librelato pelo Projeto Librelato Mais Verde, essa iniciativa tão importante de longo prazo que promove o plantio de mudas de árvores, ajudando a recomposição da vegetação nativa de Santa Catarina. Esperamos que cada vez mais pessoas e instituições possam se engajar no Movimento, fortalecendo os ODS no nosso estado”, disse Fernando Barbosa dos Santos.

Para Simone Martins, cuidar do planeta terra é uma responsabilidade de todos nós. “Cada pessoa que o habita deve ajudar na preservação do meio ambiente para que no futuro, as próximas gerações que irão habitar o nosso mundo não sofram com o descuido que nós mesmos podemos causar. Somos uma empresa que preza pelo compromisso com o meio ambiente e a sustentabilidade. Nosso sistema de gestão ambiental é bastante sólido e busca sempre o menor impacto possível. Estamos sempre buscando novos meios, técnicas e tecnologias para melhorar essa relação, é o nosso compromisso”.

Em 2021, foram plantadas 10.236 mudas de árvores nativas. Desde o início do projeto, em 2020, já são 15.086 árvores plantadas. Essa quantidade de árvores plantadas terão a capacidade de gerar grande impacto na recuperação do meio ambiente, colaborando com absorção de CO2, a melhora na qualidade do oxigênio, a diminuição no aquecimento global; além de evitar erosão do solo, contribuindo ainda para o equilíbrio e manutenção da fauna.

Entenda o projeto “Librelato +Verde”

No dia 31/07/2020 a Librelato deu início ao projeto para incentivar a plantação de mudas de árvores nativas, a começar pela matriz da empresa.

Com o Librelato +Verde, a Librelato doa mudas aos seus profissionais, que a levam para casa e possam plantar. Ao plantar, a Librelato pede que todos enviem uma foto para o WhatsApp do Marketing da empresa, (48) 9 9133.3907, e marquem o perfil aos da Librelato nas plataformas de redes sociais com a #librelatomaisverde. Tudo isso para que possa ser feito um registro fiel de todos os passos do projeto e seja possível criar um painel virtual com todas as fotos enviadas.

O projeto se espalhou e ganhou força. Atualmente, existe um comitê de voluntários dentro da Librelato para cuidar exclusivamente desse tema; além de parcerias com entidades comerciais, prefeituras, escolas, entre outros. “Quanto mais pessoas e instituições aderirem, maior será o legado. Esta é uma iniciativa importante, que faz diferença para o meio ambiente”, finaliza José Carlos Sprícigo, CEO da Librelato.

 

Fonte: Librelato

Foto: Divulgação

Portal Estrada – Negócios em Transporte & Logística

Compartilhar com
Avalie este artigo