HomeTransporte HidroviárioTCU autoriza leilões de áreas do Porto de Santos com investimento de R$ 1 bi

TCU autoriza leilões de áreas do Porto de Santos com investimento de R$ 1 bi

Portal Estrada - TCU autoriza leilões de áreas do Porto de Santos com investimento de R$ 1 bi

TCU autoriza leilões de áreas do Porto de Santos com investimento de R$ 1 bi

Com cerca de R$ 1 bilhão de investimentos por parte da iniciativa privada, o projeto de arrendamento das áreas STS08 e STS08A, voltadas ao armazenamento de granéis líquidos (combustíveis) na Alemoa do Porto de Santos (SP), foi aprovado nesta quarta-feira (21) pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

O STS 08 tem previsão de investimento de R$ 265,5 milhões. O futuro terminal STS 08A, por sua vez, tem previsão ainda maior: R$ 678,3 milhões. As duas áreas do Porto somam cerca de 450 mil metros quadrados, mas serão licitadas separadamente, sendo 152,3 mil metros quadrados do STS 08 e 297,3 mil metros quadrados do STS 08A.

A proposta é considerada pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, como o maior leilão portuário dos últimos 20 anos. “Será um leilão extremamente badalado, extremamente competitivo e que vai chamar a atenção do mercado”, disse Tarcísio. O edital com as regras da disputa será publicado em breve pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e o vencedor administrará os terminais pelo período de 25 anos.

Atualmente, a área é operada pela Transpetro, subsidiária da Petrobras responsável por parte do escoamento da produção das refinarias paulistas, assim como pela distribuição de parte do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) da região Sudeste. Hoje, a capacidade para movimentação de graneis líquidos no Porto de Santos é deficitária e admite ampliação para atendimento ao crescimento da demanda.

Portal Estrada - TCU autoriza leilões de áreas do Porto de Santos com investimento de R$ 1 bi

“Estamos muito contentes com a aprovação do TCU para esse leilão. A ampliação da capacidade em 47%, com dois novos berços de atracação, vai dinamizar significativamente esse mercado”, avaliou o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni.

“Desde que assumimos a gestão, em março de 2019, priorizamos a modelagem desses terminais. Por isso é uma satisfação a aprovação do TCU e mais uma oportunidade de a SPA renovar o compromisso de ofertar a capacidade ideal para que o Porto de Santos escoe com a máxima competitividade 100% das cargas de sua área de influência”, destaca o presidente da Santos Port Authority (SPA), Fernando Biral.

 

Fonte: MInfra

Foto: Divulgação

Veja todas as VAGAS para Motoristas AQUI

Compartilhar com
Avalie este artigo