HomeMáquinasVendas de máquinas tem alta de 38,5% em janeiro

Vendas de máquinas tem alta de 38,5% em janeiro

Portal Estrada - Vendas de máquinas tem alta de 38,5% em janeiro

Vendas de máquinas tem alta de 38,5% em janeiro

As vendas da indústria brasileira de máquinas e equipamentos totalizaram no mês de janeiro R$ 12,5 bilhões, resultado 38,5% superior ao registrado no mesmo mês de 2020, e o melhor para um mês de janeiro desde 2015, quando o setor havia faturado R$ 13,2 bilhões.

Os dados, divulgados hoje (24), são da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

Da receita total de R$ 12,5 bilhões, R$ 9,6 bilhões foram de vendas para o mercado interno brasileiro, resultado 50,8% superior a janeiro de 2020.

“Dentre os segmentos que sinalizaram aumento nas vendas, destaque para máquinas agrícolas com avanço nas empresas de todos os portes. Outro segmento que tem colaborado para a alta das vendas internas é máquinas para infraestrutura, incentivado, em grande medida, pelo andamento do Programa de Parcerias de Investimento (PPP)”, destacou a entidade, em nota.

Exportações

O setor vendeu ao exterior, no mês de janeiro, R$ 545,8 milhões em equipamentos, montante 1,6% inferior ao registrado no mesmo mês de 2020. Em relação a dezembro, as exportações foram 28,1% menores.

“As exportações de máquinas e equipamentos sentiram fortemente a redução do comércio global em razão da pandemia em 2020. Após crescer 0,9% em dezembro, as exportações de máquinas recuaram 1,6% em janeiro de 2021, em linha com a sazonalidade de início de ano”, ressaltou a entidade.

2020

Graças aos bons resultados do agronegócio, o setor de máquinas agrícolas e rodoviárias é o menos prejudicado pela pandemia no contexto da indústria automotiva brasileira.

As 28.523 unidades vendidas no acumulado até agosto representaram crescimento de 1,8% sobre o mesmo período de 2019, índice que apesar de pequeno contrasta com as quedas verificadas no caso dos veículos leves e pesados no mesmo comparativo.

As vendas do mês passado atingiram 4.382 unidades, com pequeno decréscimo de 2,7% sobre as 4.504 de julho, mas crescimento de 4,8% em reação a agosto do ano passado (4.181). O vice-presidente da Anfavea, Alexandre Bernardes, informa que várias fabricantes de máquinas já voltaram a operar 100%. Só estão produzindo abaixo da capacidade as fábricas instaladas em municípios onde há decretos limitando o funcionamento a 75%.

 

Fonte: Notícias Agrícolas

Foto: Divulgação

Veja todas as VAGAS para Motoristas AQUI

Compartilhar com
Avalie este artigo